top of page
Logo (Transparente).png

Mudando seus Hábitos Financeiros

É comum escutarmos — ou fazermos — reclamações sobre a nossa má administração do dinheiro ou dificuldades em economizar e investir. Uma vida financeira saudável depende não só do volume dos seus rendimentos, mas de um conjunto de bons hábitos financeiros, tanto de consumo como de controle de gastos. Por exemplo, para investir em um carro novo ou em uma casa na praia é importante ter em mente as implicações dessas compras: os gastos com impostos, manutenção e emergências, além de refletir se são os movimentos financeiros mais adequados para você.

Conhecer-se bem, definir objetivos e prioridades e incorporar bons comportamentos tornam o gerenciamento das finanças algo natural. Saiba do que você precisa para mudar seus hábitos financeiros:

Conheça os seus paradigmas

O primeiro passo para transformar seus hábitos financeiros é um exercício de autoconhecimento. É importante olhar para os próprios valores e entender de onde eles vêm: quais paradigmas guiam a sua visão sobre a vida e o porquê. Cultura, família, amigos, religião e educação não só ajudam a moldar os valores individuais, como os influenciam constantemente. Por isso, é fundamental revê-los e se questionar se são realmente seus ou se fazem parte do seu entendimento de mundo por associação a outras pessoas e estruturas sociais.

Determine objetivos

Conhecendo a fundo os paradigmas e valores que te guiam, é importante estabelecer objetivos para a sua vida que recaem sobre hábitos financeiros. É a hora de se perguntar sobre aquilo que você quer fazer, em curto, médio e longo prazo, e como você quer fazer: quer voltar a estudar, abrir uma empresa, viajar, garantir conforto no futuro, comprar uma casa de veraneio? O que o move, quais são os seus propósitos?

Defina prioridades

Você já fez a sua lista de objetivos, então agora é hora de começar a se planejar. Seu planejamento financeiro depende das suas prioridades: o que você precisa e quer primeiro; o que é mais importante para você ou para a sua família; o que depende de quê dentro dos seus planos? O dinheiro deve ser encarado como um instrumento para atingir o que você deseja na vida, e poupá-lo ou gastá-lo deve ser uma escolha bem administrada, pesando necessidades e vontades.

Invista o seu dinheiro

Entrando no terreno dos hábitos financeiros, o primeiro passo para adequar os seus planos à sua realidade depende de um trabalho primordial para a boa administração das suas finanças: poupar e investir dinheiro. Crie o costume de, mensalmente, guardar e investir uma porcentagem do salário a partir de uma meta previamente estipulada. Estude tipos de investimentos para ampliar os seus ganhos mensais e, então, passe a transferir parte do dinheiro para novas aplicações — que devem ser acompanhadas de perto e constantemente!

Aprenda a gastar menos

A regra que você deve seguir para gastar menos é simples: corte os gastos inúteis. Não deixe de fazer o que você gosta ou precisa, mas defina bem com o que vale a pena gastar. Questione seus hábitos de consumo, reveja conceitos e mantenha controle sobre o orçamento doméstico.

Reveja os seus objetivos

Ao longo da vida, é importante revisitar os questionamentos iniciais e estudar se os seus objetivos antes estipulados ainda se encaixam nos seus planos de vida para determinar novas metas e planejar sua vida financeira em torno de novos propósitos.

Para saber mais clique no link e faça o download do nosso e-book gratuitamente.

bottom of page