top of page
Logo (Transparente).png

Veja as ações que mais subiram em 2021


Foi um ano difícil para a renda variável – com incertezas sobre o recuo da covid-19, crise nas cadeias de suprimentos e avanço dos preços. Mas o Ibovespa, principal índice acionário brasileiro, teve destaque positivos, como a distribuição recorde de dividendos e número de investidores nunca antes visto.


Das empresas do índice Bovespa que acumularam ganhos este ano, as principais conseguiram aproveitar a valorização do dólar – o que favorece o ciclo de exportações – e a alta do mercado de commodities, em especial as minerais, como petróleo e minério de ferro, e agropecuárias.


No ano, o dólar acumula alta de 9,49% em relação ao real brasileiro. Já a cotação do minério de ferro, mesmo que tenha caído, atingiu a máxima histórica de US$ 235,55 em 12 de maio deste ano, segundo preço na Bolsa de Valores de Dalian, principal comercializadora da commodity. Em comparação, o minério começou dezembro cotado a cerca de US$ 100.


Assim, confira a seguir as ações do Ibovespa que mais subiram em 2021:

  1. Embraer (EMBR3): +135,25%

  2. Braskem (BRKM5): +133,43%

  3. Marfrig (MRFG3): +64,30%

  4. JBS (JBSS3): +61,75%

  5. PetroRio (PRIO3): +45,46%

  6. Gerdau PN (GGBR4): +33,15%

  7. Metalúrgia Gerdau (GOAU4): +29,67%

  8. Méliuz (CASH3): +29,26%

  9. Cosan (CSAN3): +18,44%

  10. Cemig (CMIG4): +15,47%

Embraer é destaque do Ibovespa, mas base de comparação não é a melhor

O analista Rodrigo Crespi, da Guide Investimentos, destaca que, apesar dos méritos da Embraer (EMBR3) em 2021, a valorização das ações da companhia neste ano foi beneficiada pela base fraca de comparação que a empresa viveu em 2020.


“No passado tivemos a Covid-19 e a Boeing (BOEI34) dando para trás na parceria na compra de uma divisão da Embraer, o que pesou bastante contra a empresa [em 2020]. Porém, ela foi sustentada no passado pelo resiliente setor de aviação executiva, que tende a ser menos afetado pela pandemia do que a aviação comercial”.


Segundo o analista, com o viés de reabertura e levantamento das restrições à transmissão do novo coronavírus, a empresa conseguiu assinar diversas parcerias e acordos de renovação de frota.


“Além disso tivemos diversas notícias relacionadas à EVE, divisão da Embraer de mais tecnologia que foca na mobilidade urbana, como veículos que decolam na vertical (V-TOL, na sigla em inglês)”, disse.


Para Crespi, avanços como esses devem trazer mais valor à Embraer, e às suas ações, além de elevar a empresa a outro patamar dentro do Ibovespa: “É uma empresa de tecnologia e inovação, então a gente tem visto uma recuperação bem forte da Embraer e o guidance provavelmente vai ser entregue agora no quarto trimestre”.

Empresas surfaram a alta das commodities minerais

Fabiano Vaz, analista da Nord Research, avalia ser difícil que se repita em 2022 o mesmo cenário favorável que foi visto este ano para as empresas de petróleo, gás e minério. Entretanto, ele destaca que as empresas que têm exposição às cotação de commodities tiveram fase de destaque este ano.


Fazem parte deste grupo a petroquímica Braskem (BRKM5), a petroleira Petrorio (PRIO3), o grupo Gerdau (GGBR3, GGBR4 e GOAU4), entre outras.


Segundo o especialista, por causa dos ruídos eleitorais, que devem crescer durante 2022, a tendência é de os investidores olharem mais para os papéis de exportadoras, que têm uma receita dolarizada e que não dependem do crescimento econômico brasileiro.


Para Crespi, a Braskem foi influenciada positivamente pelo câmbio favorável, dividendos robustos, resultados operacionais recordes, bem como a confirmação de venda das ações que estavam sob controle da Novonor, o que destravaria valor significativo da empresa.


Já os bons resultados da Petrorio, outra petroleira destaque do Ibovespa, vêm da otimização do portfolio de exploração e da possibilidade de a empresa levar os campos Albacora e o Albacora Leste, o que deve praticamente dobrar a capacidade de produção da companhia.


Para o caso da Gerdau, Crespi destaca que a empresa entregou bons resultados, principalmente na operação norte-americana, mesmo com a derrocada do minério de ferro a partir do segundo trimestre.


Frigoríficos do Ibovespa também avançam

Outro setor que teve impacto positivo do câmbio foi o dos frigoríficos, grupo que inclui a Marfrig (MRFG3) e JBS (JBSS3). Para Vaz, o cenário para estas empresas é mais positivo que o do setor de mineração uma vez que a tendência é que os preços sigam em alta.

“Não sei se vão continuar subindo, mas a perspectiva não é de recuo”.


Já Crespi reforça que tanto a Marfrig quanto a JBS tiveram bons resultados de exportação. “A Marfrig teve 95% do seu Ebitda proveniente da América do Norte, visto que lá a economia anda melhor e o poder de compra do americano é mais elevado e acaba suprindo bastante a oferta da Marfrig e da JBS”, disse.


Para a JBS, Crespi lembra que a exportação de suínos e aves trouxe receita importante à empresa entre os papéis do Ibovespa, e a elevação do rating de crédito desbloqueou financiamento de projetos e aquisições a um custo mais baixo.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page